Cultivo de braquiária para alimentação animal contribui para estruturação do solo

 

09 de março de 2018

 

 

 

 

Além de oferecer forragem aos rebanhos, os capins do gênero Brachiaria também contribuem para a estruturação do solo e, em consórcio com culturas agrícolas como milho e café, proporcionam mais sanidade ao solo e ganhos de produtividade das culturas. Há um tempo atrás, era comum pensar que braquiária servia apenas para alimentar o gado.


“O papel dela vai muito além desse. Ela proporciona um sinergismo na produção de grãos. O fato de o agricultor contar com a braquiária no sistema aumenta a sua produtividade de 5 a 10 sacos de grãos por hectare”, afirma o pesquisador da Embrapa, João Kluthcouski.


A braquiária foi introduzida nos sistemas agrícolas por conta do desenvolvimento do sistema de plantio direto. “Um dos problemas naquela época era identificar qual planta forneceria maior cobertura de solo. Começamos a trabalhar com a braquiária em 1986 especialmente em consórcio milho e sorgo”, relembra o pesquisador Lourival Vilela. A expansão no consórcio se deu com a criação, em 2001, do sistema Santa Fé – um dos sistemas de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta.

 

O Santa Fé tinha dois propósitos: produção de forragem para a entressafra e palhada para o sistema de plantio direto. “A partir daí, começaram a ser observados alguns benefícios adicionais ao se utilizar a braquiária, como redução de plantas invasoras no sistema, controle de mofo branco, melhoria das propriedades física, química e biológica do solo, aumento da matéria orgânica. Hoje a braquiária tem mil e uma utilidades, serve para tudo”, afirma Vilela.

 

Segundo ele, um dos benefícios desse aumento de matéria orgânica com a introdução da braquiária é a consequente melhoria da agregação ou restruturação do solo. “Num solo mais agregado, você tem, por exemplo, mais infiltração de água, o que favorece a recarga do lençol freático e mantém a vazão dos rios”, afirma o pesquisador.

 

 

Por 

CAMPO VIVO

Foto: Lourival Vilela

 

 

Cadastre seu e-mail e receba o AGRONEWS.

 

Clique aqui e veja a proposta, procedimentos e formulário para Associar-se.

 

 

 

 

_____________________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

Rua Marília Rezende Scarton Coutinho 160, Sala 01 | Enseada do Suá - Vitória/ES - CEP: 29050-410

(27) 3324 5986 / (27) 99830 9621 | cedagro@cedagro.org.br